Colisões entre Estrelas de Nêutrons

14-09-2011 22:45



   Uma das mais poderosas explosões do universo é a colisão entre estrelas de nêutrons.! Nessas colisões, muita coisa ainda é um mistério. O que se sabe, é que, em simulações feitas por supercomputadores da NASA, revelaram alguns acontecimentos que ocorrem alguns milissegundos antes e depois do choque entre duas estrelas de nêutrons. Na simulação foram colocadas duas estrelas de nêutrons com 1,5 de massas solares cada a uma distância de só 18 Km uma da outra. Em poucos minutos elas giraram e se fundiram formando um pulsar. Mas logo depois, menos de 8 milissegundo, o pulsar entrou no limite crítico de massa onde ele se colapsa tornando um buraco negro.! Depois disso, em menos de 1 milissegundo, um jato de raios gama saiu do buraco negro.! Logo em seguida o material que circundava as duas estrelas de nêutrons começou a cair nele a uma temperatura que aproximava os 8 bilhões de Kelvins. Mas nem sempre é assim, as vezes na colisão não há massa suficiente para fazer a nova estrela de nêutrons chegar ao limite crítico, e quando isso acontece apenas se cria um novo pulsar com massas maiores. Além disso, nesses choques se cria uma enorme quantidade de material mais pesado que o Ferro, como, por exemplo, o Ouro.! Já entendeu.?! Há uma chance enorme do gás que originou o Sistema Solar ter vindo do choque de duas estrelas de nêutrons.! Mas a chance de haver um buraco negro agressivo na região é totalmente descartada, uma vez que mesmo tendo abundância de materiais desse tipo, ainda é rarefeito comparado com a enorme quantidade produzida nesses choques.
 
  No vídeo abaixo tem uma simulação bem simples do choque de duas estrelas de nêutrons, no vídeo dá para ver claramente a aproximação, a fusão e o jato de raios gamma.




   Fontes: cosmosnovas.blogspot.com
              apod.astronomos.com.br

Comentários

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário